A solução contra HiperidroseTranspiração excessiva


Inicio - Encomendar - Fórum - Iontoforese - Hiperidrose - Porqué suamos? - Transpiração excessiva - Tipos de tratamentos

Pé-de-imprensa

Transpiração excessiva

 

Iontophoresis buyer ratings
Transpiração excessiva

Dispositivos IontoforeseA hiperidrose é uma condição médica na qual uma pessoa transpira excessivamente de forma imprevisível. Cerca de 2%-3% dos americanos sofrem de excesso de transpiração das axilas, das palmas das mãos e solas dos pés. A transpiração excessiva nas axilas tende a iniciar-se na puberdade, enquanto a transpiração excessiva palmar e plantar pode começar mais cedo, muitas vezes durante a infância. Se não forem tratados, estes problemas podem continuar ao longo da vida.

O suor excessivo das mãos ou Hiperidrose Palmar é a forma mais comum de transpiração excessiva.A transpiração excessiva é principalmente uma questão fisiológica, mas pode ser agravada por estímulos emocionais. Fisiologicamente significa que a pessoa não pode controlar o nível de transpiração ou o timing da mesma. O suor excessivo das mãos pode ser muito grave podendo afectar a vida funcional e social de um paciente todos os dias. Em cerca de 40% dos pacientes o problema é genético. Palmas das mãos suadas geralmente começam cedo na infância e pode ficar mais grave no final da adolescência e na idade adulta. A intensidade pode variar entre as pessoas. Existe uma relação genética e cerca de 50% dos pacientes têm uma história familiar com a doença. Pode afectar uma pessoa a nível funcional, emocional e social.



Sobre a sudorese excessiva

Muitos dos pacientes que têm as mãos suadas também apresentam excesso de transpiração nos pés, conhecida cientificamente como hiperhidrose Plantar. Mesmo que não seja tão grave como a sudorese palmar, ainda assim representa um problema a nível funcional ou social. Os sapatos podem ficar arruinados, não podem usar sandálias, e o odor dos pés e infecções por fungos podem tornar-se problemáticos. O odor e o desconforto causado pela sudorese excessiva do pé podem levar a dificuldades que não são bem conhecidas na comunidade médica. Por vezes, a hiperidrose plantar é tão grave como a hiperidrose palmar.

Pessoas com hiperidrose podem suar mesmo quando a temperatura é fresca ou quando estão em repouso. A transpiração natural ajuda o corpo a ficar fresco. Na maioria dos casos, é perfeitamente natural. As pessoas suam mais em altas temperaturas, quando fazem exercício ou em resposta a situações que as tornam nervosas, irritadas, envergonhadas ou com medo. No entanto, a transpiração excessiva ocorre sem tais estímulos. Quem sofre de hiperidrose parece ter glândulas sudoríparas hiperactivas. O suor incontrolável pode levar a um desconforto significativo, tanto físico como emocional. Embora doenças neurológicas, metabólicas e outras doenças sistémicas possam por vezes provocar a transpiração excessiva, na maioria dos casos a hiperidrose ocorre em pessoas saudáveis. Calor e emoções podem desencadear a hiperidrose em algumas pessoas, mas muitos que sofrem de hiperidrose transpiram quase o tempo todo, independentemente do seu estado de espírito ou do tempo.

Considerações sobre sudorese excessiva

Costumava ser um pensamento comum que a transpiração excessiva era causada pelo excesso de actividade da glândula da tiróide, mas ao longo dos anos foi provado que esse pensamento era errado. Outro pensamento comum era que os pacientes que sofriam de problemas de ansiedade teriam sudorese excessiva. Este também foi provado estar errado pois os pacientes podem ter sudorese intensa mesmo nos momentos mais relaxantes das suas vidas. Muitas vezes, os episódios de sudorese não têm uma causa óbvia. Embora a hiperidrose não seja causada pela ansiedade, um estado de ansiedade pode desencadear ou agravar um episódio de sudorese. Na maioria dos casos de hiperidrose primária, não é possível determinar a causa, assim a explicação mais provável é que se deve a um factor genético. Na maioria dos estudos realizados foi comprovada uma ligação genética em cerca de 50% a 60% dos casos.

A transpiração excessiva é embaraçosa, mancha as roupas e complica negócios e interacções sociais. Os casos mais graves podem ter consequências sérias a nível prático, podendo ser difícil segurar uma caneta, segurar no volante ou dar aperto de mãos. Pessoas que suam excessivamente estão frequentemente preocupadas com a sua condição, e isto pode levar ao isolamento social. Essa ansiedade pode agravar a transpiração. Independentemente do local onde esta ocorre, a transpiração excessiva apresenta um problema enorme para aqueles que vivem com a doença. Quando o acto de apertar as mãos apresenta um problema, negócios e actividades do dia-a-dia podem-se tornar muito desconfortáveis. Alguns pacientes relatam que o suor os impede de serem tão sociáveis como eles gostariam de ser, como eles são forçados a esconderem-se na sombra da hiperidrose. Outros problemas ocorrem, tais como manchas de tinta ao escrever ou incapacidade de utilização de dispositivos electrónicos, como teclados e computadores. A hiperidrose pode limitar de forma extrema a vida social e funcional das pessoas afectadas.

Sudorese excessiva / hiperidrose

Hiperidrose não é uma condição temporária. Muitas pessoas que sofrem desta condição têm sofrido por muitos anos, geralmente desde a infância. Além disso, quer vivam num clima quente ou frio, os pacientes com hiperidrose sofrem de sudorese constante. Muito raramente podem-se ouvir histórias de pacientes que afirmam que a sua transpiração excessiva desapareceu com o tempo. São numerosas as formas de tentar controlar esta doença e variam desde cremes, pílulas, medicamentos naturais, bio feedback, por corrente eléctricas (Iontoforese), acupunctura e a cirurgia. Deve-se ressaltar que os pacientes que sofrem de excesso de transpiração nas devem tentar, pelo menos, algumas das abordagens conservadoras antes de tomarem qualquer decisão de avançar com qualquer tratamento drástico (cirurgia).

 

Aviso: Por favor note que nós não somos responsáveis pelo conteúdo destas páginas.

Informação Fórum